IoT – Internet of Things

IoT (Internet das Coisas), termo utilizado para descrever uma rede de objetos ligados via Internet que comunicam entre si, com pessoas e servidores que recebem, guardam e analisam quantidades enormes de dados e informações geradas (BigData), utilizadas em tempo real ou posteriormente para execução de tarefas ou auxílio na tomada de decisões.

Rui Carvalho
1 de Maio de 2019

Existem em diversas formas, desde sensores (temperatura, humidade, localização, …), “wearables” (dispositivos de utilização pessoal), eletrodomésticos, dispositivos médicos, equipamentos agrícolas ou industriais, entre muitos outros.

Exemplos de projetos IoT:

  • Auxílio de serviços médicos no diagnóstico e controlo diário de doenças, através de medições de pressão arterial, taxa de açúcar no sangue, entre outros;
  • Gestão de cidades (smartcities), através de equipamentos de controlo de trânsito (semáforos), sensores em parques de estacionamento, consumos de energia, gestão de resíduos...;
  • Gestão de habitações e edifícios através da monitorização de iluminação, controlo de temperatura, vigilância, controlo de acessos...;
  • Auxílio na agricultura controlando sistemas de irrigação, sensores meteorológicos, humidade...;
  • Indústria, Logística e Transportes, através da monitorização de frotas de viaturas, máquinas e equipamentos, melhores comunicações em tempo real, entre outras que auxiliam a otimização de recursos e redução de custos;

Todos os projetos de IoT permitem a otimização de recursos, evolução de eficiência operacional pela tomada de decisões mais rápidas e redução de custos.

O IoT não é novo, é uma evolução das comunicações entre máquinas (M2M – machine-to-machine) aplicada a um universo muito maior de dispositivos. Irá aumentar exponencialmente com a diversificação da utilização em cada vez mais áreas,  fazendo evoluir e transformando as pessoas e organizações que utilizam a tecnologia nesta época de Transformação Digital.


Artigo em formato PDF

Revista Digital Start&Go

Últimas