As emoções nem sempre o ajudam? Quer aumentar o seu QE?

1 de Dezembro de 2018

Daniel Goleman refere que temos de treinar aptidões básicas que nos favorecem para aumentar esta capacidade. A primeira é melhorar o nosso auto conhecimento. Saber mais sobre nós mesmos e os nossos sentimentos ajuda. Reconhecer até que ponto nos podem influenciar e trair. A segunda é a capacidade de regularmos as emoções. Não significa necessariamente ser cubo de gelo, mas lidar melhor com as emoções para as adaptar às situações. Principalmente numa relação de equilíbrio com as outras pessoas com que lidamos diariamente. Na verdade este trabalho não está apenas centrado em nós. Por isso temos de aumentar a nossa capacidade de empatia, colocando-nos no lugar do outro para compreender os seus motivos e ‘nivelarmos’ as nossas reações.

Não se esqueça, o corpo transmite sinais que dão voz às nossas emoções, mesmo sem falarmos. As outras pessoas conseguem perceber isso. Tente conhecer melhor a sua comunicação não verbal pois isso ajuda-o a evitar transmitir sinais que não quer. Por outro lado treine a sua capacidade de observação dos outros, eles também transmitem sinais que nos permitem identificar os momentos em que estão menos bem. Se o fizer multiplica as oportunidades para construir relações positivas e mais eficazes com eles.

‘Num sentido prático nós temos duas mentes. Uma que pensa e outra que sente.’ 

Daniel Goleman, Professor, Investigador e Autor 

Revista Digital Start&Go

Últimas