Responsabilidade Social

Responsabilidade Social, frequentemente associa-se este tema a meros atos de charme ou marketing nas organizações, e não é insólito considerar a responsabilidade social como mais uma moda no seio do mundo empresarial.

Paulo Ferreira
9 de Novembro de 2014

Responsabilidade Social, frequentemente associa-se este tema a meros atos de charme ou marketing nas organizações, e não é insólito considerar a responsabilidade social como mais uma moda no seio do mundo empresarial. Eu discordo desta abordagem, considero ser um tema de grande importância para organizações e para o futuro da sociedade, pela sua abrangência na gestão, na liderança, perspetiva de negócio e impacto das nossas atitudes individuais e coletivas na sociedade.

Mal Fletcher, Chairman da Iniciativa 2020Plus que esteve recentemente em Portugal, veio alertar que ter uma perspetiva para além do negócio é o que diferencia gestores de líderes, o que nos conduz a uma reflexão sobre as mudanças sociais e a inovação na liderança. No seu mais recente livro, "Fascinating Times: A Social Commentary", alerta para os recentes avanços tecnológicos e do impacto brutal nas nossas vidas, quer sejam na governação, na economia, nos negócios, quer nas nossas relações interpessoais.

Continuando esta reflexão social, independentemente do papel que cada um desempenha, devemos querer saber que sociedade se pretende para o futuro e de que forma estamos a contribuir para essa visão.

Falar de temas como responsabilidade social, ética corporativa e desenvolvimento sustentável, num ambiente competitivo, quando os concorrentes não têm a mesma forma de estar e pensar, coincidindo com o desalanvancar do investimento social por parte do Estado é extremamente complexo. Neste ambiente, a gestão do futuro de facto passa por ter uma visão holística da comunidade e do relacionamento com a mesma, tanto no contexto interno como externo. Responsabilidade ambiental, qualidade de produtos, ambiente de trabalho saudável, equilíbrio entre trabalho e vida na sociedade, envelhecimento ativo nas empresas, projetos de desenvolvimento social na comunidade, são questões que se colocam na gestão das empresas sejam elas grandes ou pequenas.

É nesta visão holística que todos os empreendedores, sejam eles de negócios já existentes ou em novas iniciativas, devem enquadrar a sua visão de futuro e responder a questões do tipo: O que quero da minha empresa? O que quero para a comunidade com a qual interajo? Quais responsabilidades que temos com as gerações mais velhas? Que mundo queremos deixar para as gerações futuras?

Assim, defendo que uma reflexão sobre Responsabilidade Social nas suas diversas vertentes deve fazer parte de qualquer plano de negócio. O crescimento do movimento de Responsabilidade Social a nível mundial evidencia que as empresas compreenderam que não basta o retorno financeiro para garantir a sustentabilidade dos seus negócios. Sendo fundamental minimizar as enormes clivagens socioeconómicas que marcam a nossa atualidade.

Paulo Ferreira, Economista

Rate and Review
Review
Review summary
Reviews

Revista Digital Start&Go

Mesmo autor


 

Subscreva esta mailing list para receber a revista em formato digital gratuitamente...